Artigos

As pessoas que o tiro tudo é mais feliz do que o resto

Foto: Creative Commons (Flickr | Elicus)
Há uma frase que ronda os muros de Facebook que diz “eram tão felizes que nem se fizeram fotos”. Mas um estudo recente publicado pela Associação Americana de Psicologia descobriu que esta bonita premissa pode não ser verdadeira.
Se bem que poderíamos pensar no que fazer fotos durante uma viagem pode roubar tempo para desfrutar de outras atividades, a pesquisa sugere que as pessoas que tiram fotos de suas experiências gostam mais dos eventos que aqueles que não o fazem.
Para chegar a estas conclusões, os pesquisadores realizaram vários experimentos em que participaram mais de 2000 voluntários. Em cada teste, foi pedido a cada um deles que havia estado em uma atividade (como fazer um passeio em um ônibus ou comer no terraço) e, dependendo do grupo ao qual pertenciam, que fizessem fotos ou não. Depois, os voluntários encheram uma pesquisa desenvolvida para medir não só quanto haviam gostado, mas a sua participação na experiência. Na maioria dos casos, as pessoas que tinham capturado os momentos com uma câmera mostraram maiores níveis de felicidade.
“Um dos fatores críticos que afetam a forma como a gente gosta de fazer uma atividade, é o seu grau de compromisso com a experiência”. Segundo os autores, tirar fotografias de um evento envolve-nos mais a situação.
Fonte: eurekalert.org
Isso revelou uma pesquisa publicada pela Associação Americana de Psicologia

You Might Also Like