Coccidinia: quando o cóccix dor não passa

Coccidinia: quando o cóccix dor não passa

A dor causada pela coccidinia é localizada, e geralmente é agravada se você se sentar ou após a pressão na porção na base da coluna vertebral.
Anatomia do cóccix: “tortilla soup”

O cóccix é a forma triangular com a ponta apontando para baixo. Ele é o segmento final da coluna vertebral, e é formada por 4 a 6 vértebras ligadas uma à outra. No entanto, as vértebras que estão presentes a nível da coccígeo eixo são diferentes daqueles encontrados no resto da coluna vertebral, apenas a primeira vértebra parecer vértebras que as precedem.
O cóccix tem várias partes:
base superior, que articula com o vértice do sacro,
na parte inferior,
a face frontal e face posterior, caracterizada por sulcos, horizontal,
as duas margens laterais.
O cóccix é atacar os músculos, tendões e ligamentos. Ele atua como um suporte quando você se sentar. Além disso, na superfície dorsal é inserido o glúteo máximo, enquanto a cúpula é parte do esfíncter externo do ânus.
O cóccix pode ser afetada por diversas doenças, traumas e malformações. Entre as doenças mais comuns são:
Coccidinia
Cisto sacro-coccígeo
Luxação
Fratura do cóccix
Teratoma sacro-coccígeo eixo
Abscesso, sacro-coccígeo eixo
Quais são as causas das dores no cóccix?

Normalmente o cóccix inflamação pode ser causada por:
Quedas e traumas
Entrega
Fraturas
Tumores
Infecções
Acima do peso
A postura errada
Esforços repetitivos
Em alguns casos, a coccidinia é idiopática, isto é, sem a presença de alterações patológicas na carga do cóccix.
Quais são os sintomas da coccidinia?
O principal sintoma é uma dor em todo o cóccix, na base da coluna vertebral.
O cóccix dor pode ser muito intensa e pode limitar o desempenho de atividades diárias normais. Outros sintomas de coccidinia pode ser:
Dor crônica nas costas.
Dor nas pernas, nádegas e quadris.
Dor durante a defecação.
Dor durante a relação sexual.
Contusão localizada, se a causa é o trauma.
A dor durante a menstruação.
Como é o diagnóstico de coccidinia?
O médico pode fazer o diagnóstico de coccidinia, através da avaliação da sintomatologia, o exame objectivo da área afetada, testes de diagnóstico, como o x-ray que pode ser feito tanto no sentado e em pé, a fim de identificar:
A mobilidade excessiva do cóccix.
A fratura em um dos ossos do cóccix.
Bursite do cóccix.
Artrite pós-traumática do sacrococcígea.
Outros testes de diagnóstico que o médico pode utilizar são a ressonância magnética e/ou radionuclídeos de varredura do osso, que vai excluir outras condições, como uma neoplasia, ou uma infecção dos ossos, o que causa dor na região do sacro.
etiqueta. * * Se você não quer lidar com o intricities do noscript * secção, eliminar a marca ( … ). Em média, a tag noscript é chamado de a partir de menos de 1% da internet * os usuários. */ –>
Que tratamentos estão previstas nestes casos?
A coccidinia pode ter diferentes causas e, dependendo da causa, requerem tratamentos diferentes. Os tratamentos dos coccidinia dependem da causa subjacente e a extensão da dor.
Dentre os medicamentos utilizados são:
Antiinflamatórios não-esteróides (AINES)
Analgésicos
Corticosteróides
Quando você precisa para a abordagem cirúrgica?
Em uma minoria de casos, e somente se todos os outros tratamentos tiveram qualquer efeito, ele pode ser recomendado coccigectomia, isto é, a remoção cirúrgica do cóccix. Geralmente, a cirurgia é realizada em pacientes que se apresentam com subluxação ou hipermobilidade do cóccix.