Artigos

Confirmado o primeiro contágio do vírus Zika, na Espanha, em uma mulher grávida

Pode Te interessar…

Tudo o que você queria saber sobre o vírus Zika
Confirmam primeiro caso de contágio Zika por transmissão sexual
Segundo confirmaram as autoridades da Generalitat Catalã uma mulher grávida, cuja identidade foi mantida no anonimato, foi diagnosticada com o vírus do Zika. É o primeiro contágio destas características que se produz em território português.
Conforme explicam as fontes oficiais, a mulher está grávida de cerca de 14 semanas e viajou recentemente para a Colômbia, onde os médicos acreditam que tiver contraído o vírus. Paralelamente a este caso, foi confirmado também o caso de outra mulher infectada de 25 anos em Madrid, que também tinha viajado para a américa Central. Com estes, já são seis os casos de vírus Zika no Brasil de que se tem notícia: quatro homens e duas mulheres, todos eles diagnosticados com Zika depois de ter viajado para países em estado de alerta epidemiológico.
Embora o departamento de Saúde do Governo não descarta a probabilidade de que saiam à luz mais casos, não vê motivo para lançar um alerta de saúde na Catalunha, já que “não há transmissão do vírus”.
O caso mais complicado seria o da mulher grávida, uma vez que, segundo as evidências que puderam observar os pesquisadores, existe um alto risco de que o feto pode desenvolver microcefalía ou outros danos cerebrais.
Nesta mesma semana, também foi confirmado o primeiro caso do vírus Zika no Chile por transmissão sexual.
Este tipo de casos são os que têm mais riscos

You Might Also Like