Artigos

Manual para não morrer

O câncer é a primeira causa de morte dos homens espanhóis e a segunda entre as espanholas. Extirpar órgãos saudáveis é uma medida preventiva quase completa, que não é exclusiva das mulheres.
Os cientistas relacionam várias mutações genéticas, câncer, como os de cólon e mama, dois dos mais mortais em homens e mulheres, respectivamente. Entre estes “erros de programação”, são famosos os que ocorrem nos genes BRCA 1 e BRCA 2. Embora o seu nome signifique “BReast CAncer” (câncer de mama, em inglês), cada vez mais os estudos relacionam com os homens. Quando as mutações são adicionados antecedentes familiares de câncer, já não só se pratica a mastectomia preventiva. Outros órgãos saudáveis ou com pólipos, que podem resultar em tumores malignos, como no caso do cólon, podem ser candidatos à remoção profilática.
Tenta evitar: homens
Altas doses de antioxidantes Convém comer alimentos ricos em antioxidantes, mas doses muito elevadas de vitamina E está associada a episódios cardiovasculares e o câncer de pulmão.
Óleo de peixe. Parece que os suplementos de omega-3 não dão benefícios substanciais, de acordo com as evidências científicas disponíveis. Comer peixe duas vezes por semana é suficiente.
Tenta evitar: mulheres
Flavonóides. Os naturais, presentes em frutas, legumes, chocolate… são bons. Os suplementos convidam à cautela: se têm relacionado com o câncer de mama e de endométrio.
Altas doses de antioxidantes Tem vitaminas lipossolúveis, como a, que se acumulam e podem causar problemas no feto, comprometer a saúde óssea e provocar coagulação sangüínea.
REVISÃO EM 5 PONTOS PARA O HOMEM
Se quiser garantir que sua saúde vá de vento em popa, comece analisando estes requisitos chave
1.- Pressão sangüínea
Por que: Quando é muito alta provoca ataques cardíacos, que formam um núcleo duro no grupo das doenças cardiovasculares. Estas patologias são a segunda causa de morte mais freqüente dos homens em Portugal. O objetivo da análise é verificar que se mantém em valores inferiores a 120/80.
Quando: a Cada dois anos, se está normal. Se dá entre 120/80 e 139/89, ao menos a cada ano.
2.- Colonoscopia
Por que: É um exame visual no interior do cólon, que serve para detectar o câncer do órgão, um dos que mais mata homens no Brasil.
Quando: a Cada dez anos, a partir dos 50. Dos 40 se tiver antecedentes familiares. Também existe um teste chamado Cologuard, em que se analisam as fezes. É feita a cada três anos, após o qual o indivíduo foi submetido a uma colonoscopia.
3.- Colesterol
Por que: o excesso está relacionado com o ataque cardíaco e avc. O nível de HDL, ou colesterol bom, é ótimo, acima de 50, abaixo, pode ser um aviso. Os triglicéridos e o LDL, ou mau colesterol, devem estar abaixo de 100.
Quando: A partir dos 35 anos, regularmente. Se você tem probabilidade de sofrer de problemas de coração, o melhor é começar aos 20 anos.
4.- Toque rectal
Por que: O câncer de próstata e acaba com mais de 5.000 espanhóis ao ano. A melhor maneira de o descobrir continua a ser um toque retal, um procedimento em que o médico reconhece a parte interna do reto com um dedo enguantado.
Quando: A partir dos 50, a cada cinco anos. A partir dos 40 nos casos em que tenha histórico de câncer na família.
5.- Glicose no sangue
Por que: Este valor está relacionado com a diabetes, uma doença metabólica que se caracteriza pela resistência das células do corpo à insulina. É um antecedente que pode desencadear a doença coronariana.
Quando: de três em três anos, a partir dos 45. Também deverá controlá-la se tiver uma pressão arterial superior a 135/80, ou se toma um tratamento para a hipertensão.
Não te fies de PSA.
A Sociedade Espanhola de Medicina de Família e Comunidade (semFYC) desaconselha a utilização sistemática do teste de PSA (Análise do Antígeno Prostático Específico) em indivíduos assintomáticos. A partir de 4 nanogramos por mililitro de sangue, as chances de câncer de próstata aumentam, mas não há garantia de acerto.
SAÚDE ADIANTADO PARA A MULHER
Submeter-se aos exames médicos adequados é a melhor garantia para promover estreia de doenças
1.- Hormônio da tireóide
Por que: A tireoide produz o hormônio fundamental para regular o metabolismo. Quando não produz o suficiente, é frequente que suba o colesterol e, com ele, o risco de doença cardiovascular.
Quando: Se ultimamente o seu colesterol e o seu peso, e subiram sem motivo, talvez você devia ir ao médico. A partir dos anos 60 também, pois ocorrem mudanças físicas que podem mascarar os sintomas de alterações.
2.- Vírus do papiloma
Por que: O vírus do papiloma humano, quando se transmite por via sexual, causa câncer de colo de útero nas mulheres. Nesses casos, os homens só são portadores. Existe uma vacina, mas também uma análise para detectar o vírus.
Quando: é aconselhável fazer o teste a cada 5 anos em mulheres de 30 a 65 anos. Dos 25 aos 30 anos de idade recomenda-se uma citologia cervical mais frequente: a cada 3 anos.
3.- Pressão sangüínea
Por que: Está relacionada com o acidente vascular cerebral, doença vascular cerebral, que está entre as principais causas de morte das espanholas. Mantenha abaixo de 120/80.
Quando: você Pode medi-la todas as vezes que quiser, até várias ao dia, procurando fazê-lo no mesmo momento. O mínimo é dois em dois anos, se está abaixo do valor normal, e a cada ano se está entre 120/80 e 139/89.
4.- Mamografia
Por que: O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres. Chega a ser fatal em mais de 6.000 casos, uma situação que só se dá em uma centena de homens. A detecção precoce de tumores é a chave para vencê-lo.
Quando: Uma mamografia a cada dois anos, entre os 50 e os 69 anos, no sistema de saúde português. Você pode fazer em idades mais precoces, a pedido do médico veterinário.
5.- Colesterol
Por que: O HDL, o colesterol bom, deve estar acima de 50, e os valores de triglicérides e de LDL, o mau, abaixo de 100. Os estrógenos podem provocar aumento dos níveis de colesterol bom (HDL) –a boa notícia– e de triglicérides –a má–.
Quando: Regularmente desde os 35 anos, e desde os 20 se há risco coronariano. A menopausa provoca alterações e requer uma atenção especial.
Note festa de Eletrocardiograma
Pode ser normal, apesar do síndrome coronário. O melhor para o descobrir é um teste de estresse, o que se faz exercício físico intenso supervisionado por um médico. Recomenda-Se, quando vai começar a treinar e há riscos associados ao excesso de peso, se está na casa dos 50 ou 60 anos, se tem colesterol alto ou se sofre de hipertensão.
Tags: medicina e morte.
Ou, ao menos, para tentar não fazê-lo antes do tempo. Revimos A evidência científica que existe sobre as primeiras causas de morte no homem e na mulher, e o que podemos fazer para evitá-las

You Might Also Like