Artigos

Pode, porventura, o seu índice de massa corporal prever o quanto você vai viver?

Pode Te interessar…

Natureza a pedir de boca
Identificação dos sabores
Truque simples para que o molho de tomate e saiba muito melhor
O Índice de Massa Corporal (IMC), é o dado que é normalmente utilizado para saber se uma pessoa está no peso ideal. É obtido aplicando-se uma fórmula muito simples, que tem em conta o peso e a estatura, mas existem sites que lhe dão o dado gratuitamente no momento. Os resultados possíveis são divididos em quatro grupos: um IMC abaixo de 18,5 é considerado “muito magro”, de 18,5 a 24,9 um “peso normal”, de 25 a 29,9 “soprepeso” e acima de 30 “obeso”.
Um novo estudo publicado na revista Obesity sugere que ter o IMC dentro da faixa de “peso normal” nem sempre é a opção mais saudável para todo o mundo. Segundo os pesquisadores, ter um IMC dentro da classificação de “excesso de peso” pode estar relacionado com um menor risco de morte, por um período de treze anos. Para chegar a estas conclusões, os cientistas analisaram os dados de 400.000 pessoas que tinham entre 50 e 71 anos, em 1995, ano em que se iniciou o estudo. Os pesquisadores observaram que o IMC e outros dados destas pessoas até 2009, altura em que já tinham falecido 112.000 os sujeitos de estudo. Com base nos dados obtidos, a expectativa de vida para aqueles que tinham um IMC “normal” era de 26 anos.
Não obstante, vários estudos concluíram que o IMC não é um dado objetivo para medir a saúde de uma pessoa. Conforme explica a Live Science, o doutor Rexford Ahima, professor de medicina na Universidade da Pensilvânia, “só é uma medida da gordura. Não diz nada sobre o risco do paciente de desenvolver uma doença ou prever a sua morte”.
*Fonte: livescience.com
Tags: alimentação.
Um novo estudo conclui que possa se manter no seu peso com uma boa alimentação não assegura a viver mais anos

You Might Also Like