Artigos

Ter um irmão é bom para a saúde

Se tornar um irmão mais velho antes dos seis anos, pode reduzir os riscos de obesidade, indica um estudo realizado por Julie Lumeng, especialista em desenvolvimento infantil da Universidade de Michigan. A análise de quase 700 crianças americanas revelou que o nascimento de um irmão menor, tem um importante impacto sobre o Índice de Massa Corporal, se o irmão mais velho tem entre 2 e 4 anos. As crianças que não tinham irmãos mais novos tinham três vezes mais chances de serem obesos aos 6 anos de idade.
De acordo com os autores, uma possível explicação poderia ser que os pais mudem a forma de alimentar a criança, quando entra um bebê na família. Também poderia ter um impacto importante sobre o irmão mais velho que já não pode passar tanto tempo sentado em frente a uma tela e se vincule a atividades físicas.
“A proporção de obesidade infantil é muito alta – explica Lumeng no estudo – e se o nascimento de um bebê muda os hábitos da família para o bem, devemos detectar quais são para que outras famílias possam repeti-las e reduzir os índices de obesidade infantil”.
O estudo, intitulado “Effect of Sibling Birth on BMI Trajectory in the First 6 Years of Life”, publicado no número de abril da revista Pediatrics
Sugere um estudo da Universidade de Michigan

You Might Also Like