Artigos

Você pode morrer por beber muita água?

A Vale. Faremos nós o chiste de entrada. Sim, quando te ahogas morrer, porque tragas muita água. Mas não nos referíamos precisamente a essa circunstância. O que nos perguntamos é se há um limite de líquido que o nosso organismo pode consumir e processar, e, a partir do qual, tomar líquido pode ser perigoso para a saúde.
E a resposta é sim. Esse limite seria em torno dos 7’5 litros de água. De fato, não é aconselhável beber mais de um litro e meio por hora. A partir desse limite pode sofrer o que se conhece como “intoxicação por água”, uma doença que afeta muitas pessoas que se desidratam praticando esporte.
A água que bebemos é eliminada pelo organismo através da urina e do suor. Mas, se tomamos muita, os rins não são capazes de funcionar rápido o suficiente para eliminar o excesso de líquido do corpo. Quando isso acontece, reduzem os níveis de sódio, potássio e cloro no sangue. E a consequência é que a pessoa notar sintomas como tonturas, náuseas… É o que se conhece como intoxicação por água.
Mas, se seguíssemos a beber, e os níveis de sódio no sangue, fala a limites extremos, pode vir a sofrer edemas cerebrais e até mesmo a cair em coma. E, em alguns casos muito excepcionais, pode chegar a ocorrer a morte do paciente por sobrepressão do cérebro sobre o bulbo epinefrina.
Mas não entre o alarme. A hiperhidratación é uma realidade, mas, os casos que levam à morte, não são comuns e ocorrem em muito poucas ocasiões. O mais conhecido talvez seja o de Andy Warhol já que, após sua morte, em 1987, a autópsia revelou que sofria de sintomas de hiperhidratación, embora não se pôde concluir que essa fosse a causa de sua morte.
Beber mais de um litro e meio por hora pode provocar os sintomas da chamada intoxicação por água

You Might Also Like